quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Seminário de Artes Visuais e Políticas Públicas

I Mostra de Cinema e Vídeos Etnográficos de Cavalcante


Cavalcante na Chapada dos Veadeiros está em cena. entre os dias 05 a 07 dezembro de 2008 acontecerá a I Mostra de Cinema e Vídeos Etnográficos de Cavalcante. O evento é organizado e proposto pelo Conselho Municipal de Turismo - COMTUR, que é o Comitê Gestor do Observatório para o Turismo Sustentável de Cavalcante, projeto do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília em parceria com Fundação Banco do Brasil.Em três dias de exibição, a mostra contemplará vídeos etnográficos, em especial documentários, curtas, médias e longas metragem. Atenção especial será dispensada ao resgate e compilação das produções existentes sobre a comunidade Kalunga (e quilombolas em geral) e os índios Avá-Canoeiro, bem como produções que retratem as tradições culturais dos povos da Chapada dos Veadeiros.
Na programação da mostra destaca-se a exposição de fotografias com o tema "Cavalgada Científica Kalunga", mesa redonda sobre o tema cinema etnográfico e uma oficina relacionada a cinema e audiovisual.
Dezembro é o mês escolhido para o evento, com o intuito de fortalecer o fluxo turístico nesse período de baixa temporada. Dessa forma, a I Mostra de Cinema Etnográfico de Cavalcante criar uma demanda específica para o segmento turístico e incrementar o calendário cultural do município.O município de Cavalcante construiu grande parte da história do nordeste goiano, abrange 65% da área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, reconhecida pela UNESCO/ONU como Sítio do Patrimônio Natural Mundial, além do título de Reserva da Biosfera do Cerrado Goyaz. Constitui-se como a principal porção preservada de Cerrado de Altitude do país, bem como uma das áreas de maior biodiversidade localizada ao longo do vale do Rio Paranã, Bacia do Rio Tocantins. Todo esse aparato natural é somado com a cultura, pois a região abriga o povo Kalunga, uma das maiores comunidades de remanescentes quilombolas do Brasil.
Informações: comunicacao.cavalcante@gmail.com ou 62 9904-5874/ 62 3494-1116

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Festa do Caju



Acontecerá nos dias 31 de outubro e 01 de novembro de 2008 a grande festa do caju de Teresina de Goias com show de Flavio Brasil. A Festa conta com barracas com derivados do caju, doces ,vinhos e outros.

Data: 31/10 e 01/11/2008
Local: Feira coberta - Teresina de Goiás
Horário: apartir das 22:00h

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Caravana do Conhecimento leva empresários da Chapada dos Veadeiros para vivenciar o turismo da Chapada Diamantina


Caravana do Conhecimento para Chapada Diamantina promovida pelo GEOR (Sebrae Goiás) estimula aprendizado e experiência aos empresários do turismo da Chapada dos Veadeiros.

Muito bem instalados na cidade de Lençóis o grupo foi recebido pela Secretária de Turismo Michelli Nonato e comitê gestor do GEOR Gestão Estratégica Orientada para Resultados da Chapada Diamantina projeto do Sebrae Bahia. A programação organizada por uma operadora local contemplou visita ao centro histórico-cultural, pousadas, restaurantes, museus e atrativos naturais do Vale do Capão, Mucugê e Lençóis.

A visita técnica, que aconteceu entre os dias 12 a 17 de outubro de 2008, surgiu da necessidade dos proprietários de operadoras, pousadas, restaurantes, associações de condutores de visitantes e secretarias municipais de turismo de conhecer e implantar práticas de sucesso no destino Chapada dos Veadeiros.

O encontro entre os participantes da GEOR Chapada Diamantina, Bahiatursa e comitê gestor da Chapada dos Veadeiros GEOR para o turismo sustentável de Alto Paraíso de Goiás e Cavalcante, promove o intercâmbio sensacional de duas das maiores potências do ecoturismo nacional e internacional.

Fonte: João Luiz Prestes Rabelo

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Turismo Solidário

Projeto Brasil Escola Kalunga
Comunidade Engenho II

(Turismo Solidário 2007 - Foto: Ion David)

Cavalcante Goiás, setembro e outubro de 2008


A histórica Cavalcante é considerada berço das águas da Chapada dos Veadeiros, situada no nordeste goiano tem hoje 268 anos. A exuberante paisagem está encravada entre serras e morros, cercada por rios de águas cristalinas. A cidade chegou a comportar 9000 escravos trabalhando na terceira casa de fundição de ouro mais importante do Brasil Colônia. Nessa época vários escravos fugiram para escapar de seus senhores, formando os Quilombos. Mais de 700 comunidades negras que começaram como quilombos existem até hoje no Brasil. Algumas eram tão isoladas que se mantiveram completamente afastadas das pessoas que viviam na região até as últimas duas décadas.

O município de Cavalcante abrange 65% da área de reserva do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, reconhecida pela UNESCO/ONU Reserva da Biosfera do Cerrado Goyaz. É um dos principais e melhor remanescentes de cerrado de altitude do Brasil Central, bem como uma das áreas de maior biodiversidade existente no país, localizada ao longo do vale do Rio Paranã, Bacia do Rio Tocantins.

A população local é bastante miscigenada, composta de Kalungas (de origem africana), índios, bandeirantes paulistas e povos baianos, fortalecendo desta forma a diversificação cultural própria. Seu folclore, bem como suas festas religiosas influenciaram as culturas de vários municípios que se originaram de Cavalcante, como Teresina de Goiás, Colinas do Sul e Alto Paraíso. E riquezas histórico-culturais não faltam.

No terceiro maior município em território do estado de Goiás encontra-se o Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, são 230.000 hectares de cerrado, cinco mil pessoas no maior remanescente de quilombolas do Brasil. O difícil acesso a área de preservação e a distância da parte urbana da cidade manteve o povo isolado geográficamente e culturalmente por 200 anos. Com mais de vinte comunidades distribuídas pelos vãos que preservam a cultura dos quilombos, encontram-se inúmeras cachoeiras, casas históricas de adobe e uma das maiores riquezas da Chapada dos Veadeiros.

Os Kalungas são pessoas com modo de vida simples, encantadoras e receptivas, carregam uma história rica e de sofrimento. As tradições são mantidas entre elas o transporte de mantimentos através de mulas e burros. As festas religiosas são cheias de cerimônias, rituais com coreografias e adereços, a comida típica no fogão de lenha o que atrai um grande número de visitantes para a região.

O Engenho II é a comunidade Kalunga mais próxima do perímetro urbano, localizada a 25 km de Cavalcante (centro da cidade) 330 km de Brasília e 526 km de Goiânia. Aproximadamente 320 pessoas moram na vila (120) pessoas, além das estradas cavaleiras existentes a vila é também rota dos viajantes e andarilhos provenientes dos povoados Vão do Moleque, Vão de Almas, Prata e Corrente.

(Turismo Solidário 2007 - Foto: Ion David)

Ensino de segundo grau e escola técnica chega ao território Kalunga

São 52 escolas ao todo em Cavalcante, a preocupação fica por conta dos altos índices de analfabetismo e com um dos mais baixos IDH (0,77) de Goiás, a maioria das escolas se localizam na zona rural e várias na comunidade Kalunga. O projeto da reforma escolar foi idealizado para a comunidade Engenho II, mas já é desenvolvido a cinco anos pela Travessia Ecoturismo com o apoio da Instituição de Caridade Bob Moore fundada por Stephanie Moore ex esposa do ex-jogador da seleção inglesa de futebol que faleceu de câncer, a instituição arrecada fundos para a pesquisa de câncer.

O projeto este ano consiste na construção de três novas salas de aula para o ensino fundamental e segundo grau, além de uma nova escola técnica no Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, vale ressaltar que a escola não existe ainda.
A comunidade Kalunga enfrenta um grande problema porque seus adolescentes vão para a cidade cursar o segundo grau, a maioria não volta e não concluem seus cursos. As famílias têm dificuldade para manter os estudantes nas cidades. A Associação Kalunga de Cavalcante tem uma parceria com a UFG - Universidade Federal de Goiás para fornecer equipamentos ao colégio e remunerar os professores. O projeto irá beneficiar aproximadamente cem pessoas da comunidade Engenho II, famílias do Vão de Almas e Vão do Moleque que são comunidades vizinhas.

(Turismo Solidário 2007 - Foto: Ion David)

As condições

O projeto providenciará os recursos para começar a construção, os moradores locais começarão a obra supervisionados pelo engenheiro local. O grupo chegará quando a obra estiver em nível de acabamento para trabalhar com os Kalungas, haverá nesse momento integração entre a comunidade e os visitantes.

A Travessia Ecoturismo irá providenciar acampamento, rancho, alimentação, projeto técnico, operação e toda a logística envolvida.
O trabalho se iniciará com o encontro entre o grupo e alguns estudantes além das famílias, que irão trabalhar em conjunto na construção da escola, após o almoço, o serviço na reforma da escola se inicia. No final do dia o grupo poderá curtir uma fogueira, uma janta deliciosa e a noite admirando um céu estrelado.

Considerações

· Essa escola de segundo grau é muito importante e necessária para a comunidade e beneficiará aproximadamente cem adolescentes;
· a escola atual não tem espaço para os cursos vigentes e o segundo grau;
· a escola atual foi reformada ano passado pelo Governo Federal do Brasil;
· na vila não existe outro prédio antigo para reformar e transformar na escola de segundo grau;
· a comunidade é muito amigável e ajuda bastante;
· sem contar o lugar maravilhoso com alguns rio, nascentes e cachoeiras por perto e essa reforma fará uma grande diferença para comunidade, eles realmente precisam da escola.

Serviço

Local: Comunidade Engenho II

Chegada do grupo inglês composto por 33 pessoas em Cavalcante no dia 30 de setembro e permanência até o dia 06 de outubro para a construção e ampliação da escola.

No período acontecerão vivências como oficina de farinha, oficina de arroz, oficina de café e fiar no fuso. Além de apresentações culturais tradicionais como ladainha (cantiga em latim), curraleira (dança e pandeiro), Sussa mirim (dança) e forró do Parceiro.

O grupo terá a experiência de praticar canionismo nas cachoeiras do Engenho, uma delas é a Cachoeira Capivara um grande canyon, o lugar ainda conta com uma piscina natural para nadar.

Todos os dias no final dos trabalhos da obra na escola serão realizadas oficinas de futebol.

Serão praticadas caminhadas para as veredas, matas, cachoeiras e morros da comunidade.

No encerramento da semana será organizado um jogo de futebol no Estádio Municipal da cidade, entre os integrantes do grupo inglês e jovens kalungas contra o time local de Cavalcante.

Como Chegar – Para chegar em Cavalcante por asfalto é preciso passar por Brasília. De lá são mais 320 quilômetros pela BR-020 até Planaltina, em Goiás. Pouco depois da cidade pegue o trevo para a GO-118, sentido Alto Paraíso e Teresina de Goiás. Em Teresina, siga pela GO-241 direto para Cavalcante. De São Paulo pega-se a Anhangüera (SP-330) até a cidade de Uberaba. De lá segue-se pela BR-050 até Brasília.

Informações e contato

Ion David
Diretor da Travessia Ecoturismo – Vice Presidente da Abeta
(61) 9978-8932
Travessia Ecoturismo
TeleFax.: (62) 3446-1595
Cx postal 61 - Alto Paraíso - GO - Cep. 73770-000
www.travessia.tur.br - travessia@travessia.tur.br

Relações Públicas e Assessoria de Imprensa
João Luiz Prestes Rabelo
CONRERP 6ª região n 890
zariahmarketing@gmail.com
(62) 9904-5874 / (62) 3494-1116
Skype: rpjluiz

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

IX Encontro Brasileiro de Canionismo

25 a 28 de setembro de 2008
Alto Paraíso de Goiás - GO -Chapada dos Veadeiros

Programação:
25 de Setembro - QUI - a noite - inscrição - Abertura.
26 de Setembro - SEX - dia técnico - Palestras, oficina técnica, Assembleia ABCânion.
27 de Setembro - SAB - dia prático, saída aos canions - a noite - Vídeos e festa.
28 de Setembro - DOM - dia prático, saída aos canions - a noite - Encerramento.

Cânions inclusos na programação: Raizama, Macaco, Farias, Capivara, Macaquinho + Cânion grande surpresa...

Investimento: R$ 90,00
Inclui: Participação no Encontro Brasileiro, Camiseta, Kit encontro, Adesivo, Seguro, Participação na Oficina Técnica e Saídas dos Cânions (Guias, entradas e seguro, exceto o transporte)
Não estando inclusos alimentação e hospedagem. O pagamento será efetuado no momento do credenciamento.

Equipamentos Exigidos:
EPI - capacete; apito; neoprene longo; calçado adequado, cinto; longe/auto-seguro dinâmico de duas pontas + 2 mosquetões (s/ ou c/ trava); 1 freio 8 + 1 mosquetão c/ trava; 2 mosquetões HMS c/ trava; 2 mosquetões s/ trava (preferecialmente iguais); 2 mosquetões c/ travas (d's ou ovais ou outros);
1 mochila estanque ou 1 mochila de corda; 1 freio extra; 1 blocante mecânico (qualquer tipo);
Caderno para anotação, lapis, borracha e caneta.

Organização e Maiores Informações:
Ion David
Comissão Organizadora
IX Encontro Brasileiro de Canionismo
ion@travessia.tur.br

terça-feira, 9 de setembro de 2008

11 de Setembro - Dia do Cerrado



A Secretaria de Turismo em parceria com a Oca Brasil e a Associação Adianto de Promoção Cultural tem a satisfação de convida-los para o Cine 0800 - Projetando o Cerrado em comemoração ao Dia do Cerrado (11).

O evento acontecerá nos dias 10 e 11 de setembro em São Jorge e Alto Paraíso de Goiás respectivamente, a partir das 20:00 onde serão exibidos filmes e documentários em praça pública (Feira do Artesão e Feira do Produtor Rural) para estudantes, comunidade local e visitantes e após a exibição será promovida conversa com convidados. O objetivo é promover reflexão por meio de produção cultural, estimular visão crítica dos participantes e divulgar o bioma cerrado.

Participe e traga sua família!

Cine 0800 - Projetando o Cerrado
10 de setembro - São Jorge (Feira do Artesão) as 20hs
11 de setembro - Alto Paraíso de Goiás (Feira do Produtor Rural) as 20hs


Filmes:
- Mensagem: 6 min - Direção: Pedro de castro Guimarães - A delicada relação entre cultura e natureza
- Ico logia - 27 min - Direção: Ângelo Lima - Seu Ico nos conduz pelos mistérios e maravilhas do Cerrado, resgatando a importância do saber popular como condição fundamental para a preservação do Cerrado.
- Cerrado: o pai das águas - 28 min - Direção: Dêniston F. Diamantino

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Poesia


Alto Paraíso

Alto Paraíso é inspiração para um novo mundo que sonhamos,
Onde o homem é parte naturalmente dos seres que convivem em paz
Com o belo que nos surpreende a cada momento nas entranhas das montanhas
E o ar puro que nos retiraram nas cidades
As suas águas límpidas nos alimentam de vida
A energia dos cristais que fundam o solo da chapada nos fortalece
Sob a revoada livre dos tucanos e das araras!

Autor: Lourenço Andrade

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

IV Festival de Música Instrumental e Arte Popular

(Cachoeira Rio da Prata em Cavalcante GO - Foto Richard Avolio)

A cidade de Cavalcante será cenário do IV Festival de Música Instrumental e Arte Popular de Cavalcante, nos dias 22, 23 e 24 de agosto. Shows, espetáculos teatrais, filmes, exposições e palestras compõem a programação do evento.

Diversas manifestações da música, literatura, fotografia, dança, cinema e teatro unidas num mesmo ideal: resgatar os valores da cultura natural do Cerrado e dos povos nativos de Cavalcante. Nos dias 22, 23 e 24 de agosto, a cidade localizada em Goiás, a 320 quilômetros de Brasília, será sede do IV Festival de Música Instrumental e Arte Popular de Cavalcante. Um intenso intercâmbio cultural entre Brasília e Cavalcante é característica marcante do evento.

Nos três dias, o Festival apresenta diversos shows com renomados artistas locais e nacionais. Entre eles estão Pequena Orquestra de Cavalcante, Alma Brasileira, Duo 13 Cordas, Amoy Ribas e grupo, Coral de Trombones de Brasília, Quarteto Capital, Dança da Sussa, Manoel de Carvalho e Orquestra Brapo e Cacai Nunes.

A proposta do IV Festival de Cavalcante é unir arte, cultura popular e meio ambiente como semente única de produção de idéias. Exemplo vivo disto é o Festival de Cinema Etnográfico, encarregado pela abertura do evento, no dia 22 de agosto, com exibição do documentário "O Rio São Francisco", de Valter Carvalho, que narra a vida e o cotidiano da população ribeirinha ao São Francisco.

Ainda no dia 22, haverá exibição do Festivalzinho de Desenhos Animados para as crianças da rede pública da cidade, além do filme "Sagarana - O Duelo", de Paulo Thiago, filme que retrata um dos episódios do clássico de Guimarães Rosa, sobre a vida rural brasileira seus conflitos e sua riqueza. O espetáculo "O Salvamento da Sucupira", do Grupo Teatral Natureza Viva, formado exclusivamente por habitantes de Cavalcante fecha a programação cultural do primeiro dia, com tema Meio Ambiente.

A palestra "O pato mergulhão e a sua importância para a conservação da biodiversidade na região da Chapada dos Veadeiros" - Fernando Lima – abre a programação do dia 23. Apresentações musicais com os grupos Invenção Brasileira, Pequena Orquestra de Cavalcante, formada apenas por crianças de Cavalcante em situação de risco social, Alma Brasileira, Duo 13, Dança da Sussa, Amoy Ribas e Manoel de Carvalho e Orquestra Brapo, marcam o cronograma de sábado.

No dia 24 de agosto, domingo, às 15h, acontece na OSOCA, a palestra "Caminhos do Anhanguera" com o Professor e pesquisador Gustavo Chauvet, que versa sobre os primórdios de Cavalcante e a ocupação da Chapada. Sobem ao palco e fecham o Festival com chave de ouro: Teatro de Bonecos de Chico Simões, Quarteto Capital, Dança da Sussa, Coral de Trombones e Cacai Nunes.

Nos dias 23 e 24, haverá ainda apresentação de 20 componentes do Vão de Almas que virão do Funil do Paraná para exibir a Dança da Sussa, Dança da Corda e Dança da Batucada.

A Cidade de Cavalcante integra a Chapada dos Veadeiros, possui 264 anos e, desde a sua fundação, contém em seu município, a maior parte do Parque Nacional. Fica a 320 km de Brasília e é uma ótima alternativa de turismo ecológico e cultural para os brasilienses.

A Rádio Nacional participa ativamente do IV Festival de Música Instrumental e Arte Popular de Cavalcante, realizando links ao vivo, durante a programação. O patrocínio do Festival é da Petrobrás e o apoio cultural, do jornal Correio Braziliense, RPS, Asol, Acece, Mais TV, Zion, Funatura, Movimento Calango do DF e Centro de Excelencia de Turismo da UNB e Prefeitura Municipal de Cavalcante. A realização é da Ponte Studio Gravações.

Maiores Informações: www.festivaldecavalcantego.blogspot.com

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Expedição de Canionismo

ROMARIA DO MUQUÉM

(Foto: Euclides Oliveira - Jornal Diário do Norte)
A mais antiga das romarias
Todos os anos uma multidão invade o povoado de Muquém, a 20 quilômetros de Niquelândia, e muda a rotina da pacata região durante dez dias de agosto. A romaria ocorre entre os dias 5 e 15 e é considerada, junto com a Festa do Divino, em Trindade, uma das maiores do Brasil. A festa religiosa do Nordeste goiano carrega o título de a romaria mais antiga de Goiás. Foi realizada pela primeira vez em 1748.

Estima-se que a romaria atrai todos os anos, mais de 160 mil pessoas a Muquém. A festa religiosa homenageia Nossa Senhora da Abadia. A romaria possui 45 quilômetros de extensão. O percurso tem início na Igreja Matriz da Paróquia São José, passa pela Paróquia Nossa Senhora da Abadia, e tem como destino o Santuário de Muquém.

A procissão ocorre durante toda a noite. O trajeto inclui a passagem pelas 15 estações da Via Sacra às margens da rodovia. A procissão termina com a chegada dos romeiros ao Santuário, o que dá início à romaria, que prossegue durante os dez dias seguintes.
Santuário do Muquém


É costume na romaria do Muquém o acampamento na área próxima ao Santuário construído recentemente para a recepção dos fiéis. O Santuário do Muquém foi inaugurado em 2004 e tem capacidade para 27 mil pessoas. Durante a romaria, o local sedia inúmeras missas, casamentos e batizados. O Santuário é cercado de morros, córregos e matas. Durante os dez dias de festa, milhares de pessoas pagam suas promessas no povoado, fazem suas preces e se ajoelham em forma de agradecimento aos pedidos atendidos. Uma grande fila ininterrupta é formada em direção ao altar do Santuário para que os fiéis possam tocar a faixa branca e vermelha que vai até os pés da imagem da santa.


Pioneirismo literário
Além de ser a romaria mais antiga do Estado, a festa de Muquém também está presente no primeiro romance regionalista brasileiro. A obra de Bernardo Guimarães, que narra a história da romaria, inaugurou o estilo literário que traz o nacionalismo expresso na simplicidade e exuberância nativa dos povos do interior do Brasil. Batizado pelo próprio autor como um romance realista e de costumes, "O Ermitão de Muquém" opõe-se à descrição de florestas e praias, à descrição dos campos sertanejos e do homem do campo. O livro conta a história de um devoto de Nossa Senhora da Abadia, que mata acidentalmente um amigo e recebe ajuda da Virgem, que intercede para que ele não seja condenado. Assim, o rapaz se torna um ermitão encarregado por levar o nome da santa a todas as pessoas. A narração traz como característica marcante a oralidade e a simplicidade do Brasil rural.


Origens da romaria
Há duas explicações para o início da tradição religiosa na região de Niquelândia. Os relatos populares explicam que tudo começou quando um garimpeiro português importou de Braga uma imagem de Nossa Senhora da Abadia. A imagem teria começado a atrair fiéis até a região. A outra explicação está contida no livro "O Ermitão de Muquém", de Bernardo Guimarães, escrito em 1858 e publicado em 1869. Trazendo como subtítulo "História da Fundação da Romaria do Muquém da Província de Goiás", a obra relata a história de um rapaz que recebe um milagre da santa e começa a propagar sua divindade.


(Fonte: Tribuna do Planalto)

terça-feira, 15 de julho de 2008

VIII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

VIII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

O Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, promovido pela Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, em parceria com a Associação dos Moradores da Vila de São Jorge (ASJOR), reúne grupos e mestres das culturas tradicionais brasileiras, povos indígenas, artistas e turistas que, em celebrações e vivências, compartilham suas histórias, saberes e modos de fazer.

A cada ano o evento atrai mais pessoas à pequena vila de ex-garimpeiros de cristal e tem desdobramentos importantes para a região da Chapada dos Veadeiros. A movimentação da economia local na época do Encontro proporciona o aumento dos investimentos na infra-estrutura de turismo, gerando trabalho e renda e trazendo bens de natureza social, educacional e cultural à Vila de São Jorge e às cidades vizinhas.

A formação de Agentes Culturais é hoje o principal objetivo do Ponto de Cultura Cavaleiro de Jorge. Atualmente, crianças e adolescentes da região recebem capacitação tecnológica por meio do Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão – GESAC, com o apoio da ONG Moradia e Cidadania.

Além disso, os jovens participam de aulas e vivências de teatro, dança, capoeira, música e artes plásticas oferecidas pelo projeto Turma que Faz, sob a coordenação da arte-educadora Doroty Marques. Patrocinado pela Petrobras, por meio do Fundo da Infância e da Adolescência de Alto Paraíso (GO), a iniciativa busca potencializar a criatividade e despertar o interesse das novas gerações pelas manifestações da cultura local.

Com a inclusão digital e a sensibilização do olhar, os Agentes Culturais poderão, futuramente, dar continuidade ao trabalho de mapeamento e registro do Patrimônio Imaterial da Chapada dos Veadeiros. O primeiro passo nesse sentido foi o Inventário Nacional de Referências Culturais – INRC sobre a Festa da Caçada da Rainha de Colinas do Sul (GO), envolvendo pessoas da própria comunidade. Com a metodologia de pesquisa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o inventário possibilitou um maior conhecimento sobre a Festa e, em 2007, o lançamento do livro e documentário Caçada da Rainha - A Festa da Fé.

A meta, a longo prazo, é dar visibilidade às riquezas culturais e humanas da região, possibilitando seu reconhecimento como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).
A ASJOR trabalha para que o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros continue se mantendo como um importante incentivo às culturas tradicionais do nosso país.



PROGRAMAÇÃO

19 a 24 de julho - Aldeia Indígena Multi-étnica


19 de julho, sábado
Cerimônia de Recepção:
Folia de São Jorge - Catira
Doroty Marques e crianças do Projeto Turma que Faz
Folia de Colinas do Sul chegando a cavalo a partir de São Jorge – Cantos e Curraleira

25 de julho, sexta-feira
6h - Café com Causos – Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
16h - Reinado - Terno de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário - Perdões (MG) Buscamento da Rainha - Cortejo
18h - Povos indígenas - Cerimônia de recepção dos grupos
19h - Reinado - Terno de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário - Perdões (MG) Levantamento do Mastro - Moçambiques e Congos - Igreja
21h - Coral Guarany Mbya - Ubatuba (SP)
22h - Marlui Miranda

26 de julho, sábado
6h - Café com Causos – Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
16h - Festejo do Divino - Kalungas (GO)- ImpérioCongada da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário - Catalão (GO) - Cortejo diurnoGuarda Catupé Caboclo da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário - Carmo do Cajuru (MG) - Cortejo diurno
18h - VI Festival Internacional de Piadas da Chapada dos Veadeiros - Apresentação de Velho Joe - Bar do Seu Claro
20h - Folia do Divino de Crixás (GO)
21h - Terno de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário - Perdões (MG)
22h - Pereira da Viola - São Julião (MG)
23h - Tambor de Crioula - Santa Rosa dos Pretos (MA)

27 de julho, domingo
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
8h - Reinado - Terno de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário - Perdões (MG)
10h - Vivência Crixás - Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
12h - Reinado - Terno de Moçambique de Nossa Senhora do Rosário - Perdões (MG) - Almoço Ritual - Catupé, Congos e Moçambiques - Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
20h - Curraleira e Sussa da Comunidade da Ema - Terezina de Goiás (GO)
20h40 - Curraleira e Sussa do Vão de Almas - Monte Alegre de Goiás (GO)
21h30 - Djalma Correa - Belo Horizonte (MG)
22h - Encontro percussivo regido por Djalma Correa

28 de julho, segunda-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
20h - Terecô das Caixeiras do Divino de Santa Rosa dos Pretos (MA)
21h - Dança do Manzuá - Parque Nacional do Grande Sertão Veredas (MG)
22h - Boi de Zabumba - Santa Rosa dos Pretos (MA)

29 de julho, terça-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
17h - Entranças - Balangandanças Cia (SP)
20h - São Gonçalo e Caninha Verde - Parque Nacional do Grande Sertão Veredas (MG)
21h - As Pastoras (MG)
21h30 - Sussa de Mãe Ana - Natividade (TO)
22h - Batuque da Caçada da Rainha - Colinas do Sul (GO)

30 de julho, quarta-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
15h às 18h - Tramas e Tramas - Fiandeiras, tecelagem e contadores de histórias - CTCG Goiania (GO) - Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
20h - Violeiros de Alto Paraíso (GO)
21h - Folia do Divino - Catira e Catira de mulheres - São João da Aliança (GO)
22h30 - Cacique e Pajé

31 de julho, quinta-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
20h - Carroça de Mamulengos - Fortaleza (CE)
21h30 - Cordel do Fogo Encantado - Arcoverde (PE)

01 de agosto, sexta-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
18h30 - Zambiapunga Nilo Peçanha - Cortejo - (BA)Visual Ilê - Cortejo - Goiânia (GO)
20h - Orquestra Sanfônica - Mossoró (RN)
21h - Congo da Irmandade de Santa Ifigência - Niquelândia (GO)
21h30 - Dércio Marques - Uberaba (MG)
22h30 - Samba Chula de São Brás - Santo Amaro da Purificação (BA)

02 de agosto, sexta-feira
6h - Café com Causos - Moradores da Vila - Palhoça da Asjor
8h - Alvorada Zambiapunga - Nilo Peçanha - (BA)
21h - Roberto Corrêa e Badia Medeiros - Brasília (DF)
22h - Opereta O que é o que é ? Faca sem ponta, galinha sem pé! - Doroty Marques e Turma que Faz - São Jorge - Alto Paraíso (GO)

* programação sujeita a alterações.

Fonte e Maiores Informações: http://www.encontrodeculturas.com.br/2008/

terça-feira, 17 de junho de 2008

JULHO PARA TODOS OS GOSTOS


AGENDE-SE
04 a 07 - Curso de Sistema Florais do Cerrado
09 a 14 - Trancendence
11 e 12 - Recital de Violinos
12 a 18 - Semana Xamânica
15 - Festa Cachoeira do Cristal
16 a 19 - Festival Alternativo do Kranti
17 a 20 - Paraquedismo - Boogie São Bento
19 a 02 - VIII Enc de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros
19 - Festa Flor de Ouro
19 - Moonstock
25 a 27 - Workshop de Kundalini Yoga
II Jornada de Corpo e Alma (A Confirmar)
Circuito de Aventura (Arvorismo, Rappel e Tiroleza Vôo do Gavião)
Terapias Alternativas e Estética (Massagens, Reiki, Terapias Desintoxicantes, Ofurô, Sauna, Tarot)
E muito mais....

Faça sua parte!!! Ajude-nos a divulgar a Chapada dos Veadeiros!!!

















(clique nas imagens para ampliá-las)

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Arraiá da Chapada!!! Participe!!!


Receita de Vinho Quente


Ingredientes:
01 Copo de açúcar
Canela em rama
Cravo
01 Litro de vinho tinto seco
1/2 Litro de água
1/2 maçã (verde ou vermelha) descascada e cortada em fatias



Modo de Preparo:
Queime a metade do açúcar com o cravo e a canela. Acrescente o vinho, já misturado com a água. Junte a maçã e o açúcar restante. Deixe cozinhar um pouco e sirva bem quente.



XV Campeonato de Pólo Aquático é um Sucesso!!!

Aconteceu entre os dias 22 e 25 de maio de 2008 o XV Campeonato Brasileiro de Pólo Aquático em Águas Correntes. O campeonato de pólo aquático mais exótico do mundo!

Realizado há 15 anos consecutivos, nas águas limpas e geladas do poço da Cachoeira São Bento, no município de Alto Paraíso GO, localizado na exuberante região da Chapada dos Veadeiros, conhecido como o Campeonato de Pólo da Chapada, reúne a cada ano dezenas de novos atletas, todos dispostos a encarar com dificuldade um longo deslocamento até o local da realização dos jogos e de toda a competição.

Estiveram presentes equipes vindas de diferentes estados brasileiros, confirmando assim, todo o prestígio alcançado ao longo destes 15 anos de competições. Desta forma parabenizo mais uma vez as equipes de Viçosa – MG, São Carlos – SP, Jundiaí – SP, Hebraica – SP e Brasília – DF pela presença, organização e espírito competitivo que mantiveram ao longo de toda a competição.


Para muitos, incluindo a todos nós da organização, esse foi de todos os campeonatos já realizados o mais tranqüilo, onde, o verdadeiro espírito desportivo se sobressaiu! Não tivemos se quer um único incidente desagradável, e foi diante da mais perfeita harmonia que todo o campeonato aconteceu.

Pelo número reduzido de equipes e pelo longo período para a realização dos jogos, foi possível aproveitar cada minuto para se lançar em inúmeras aventuras oferecidas por toda região da exuberante Chapada dos Veadeiros.

Grande parte dos atletas não mediu esforços em conciliar toda a tabela de realização dos jogos com a oportunidade única de fazer inúmeros passeios e visitas a cachoeiras e lugares de beleza paradisíacos.

Todo campeonato foi marcado por uma intensa e incomum sensação de bem-estar. Nem mesmo as baixas temperaturas registradas a noite, foi capaz de desanimar essa turma de grandes atletas e amantes do pólo aquático.

Pela disputa de medalhas, a equipe de Jundiaí – SP levou a melhor. Comandada pelo experiente técnico Ernesto Neto, a equipe do Clube Jundiaiense marcou um gol faltando 45 segundos para o termino do ultimo quarto, sobre a equipe do capitão e técnico da equipe da Hebraica, Leo Vergara (o Leo Paraíba), artilheiro da competição com 16 gols, destes 7 marcados na final.

Em 3º lugar ficou a equipe de São Carlos-SP, seguidas das equipes Brasília-DF 1 em 4º, Brasília-DF 2 em 5º e Viçosa-MG em 6º lugar.
Agradecemos a todos os atletas, em especial aqueles que compreendem todas as dificuldades encontradas para nos mantermos firmes e decididos em realizar essa tradicional competição, fora do calendário das atividades que habitualmente ela é realizada.

Ainda assim, agradecemos a todos os nossos parceiros e amigos, que fizeram com que esse campeonato de alguma forma também acontecesse... Prefeitura de Alto Paraíso-GO, Pousada Baguá, Hotel Fazenda São Bento, Pousada das Flores, Portal da Chapada, Travessia Circuito Aventura, Viva Turismo e Meio Ambiente, Academia Runway, Restaurante Green´s, Oca Lila, Cia das Vitaminas, Trancendence e Red Bull, que não mediu esforços em prestigiar pessoalmente toda competição, fornecendo durante todo campeonato centenas de latas de Red Bull a todos os atletas e público presente a competição!

Continuaremos sempre com este que é o único campeonato de pólo aquático realizado no poço de uma cachoeira em todo mundo! Sábios, de todas as nossas dificuldades e limitações, mas cientes, de todo o nosso potencial e vontade de sempre bem fazer e realizar essa grande festa do pólo aquático nacional.

Texto: Leonardo Mustafa
Fotografias: Denise Benevides

Organização do Campeonato: Leonardo Mustafa & Manoel Natureza

terça-feira, 27 de maio de 2008

Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros
recebe cadastros de artistas para a 8ª edição

(Foto extraída do Site:http://www.encontrodeculturas.com.br)

Grupos de cultura tradicional popular que quiserem participar da oitava edição do Encontro de Culturas podem se inscrever na página da Casa de Cultura. Inscrições vão até o final de maio, e o resultado sai ainda na primeira quinzena de junho de 2008.

A Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge recebe, até o final de maio de 2008, as inscrições de grupos e artistas tradicionais de cultura popular, nas áreas de música, cinema, teatro, artesanato e fotografia, entre outros tipos de manifestações culturais, no Cadastro de Artistas. A Casa de Cultura selecionará alguns dos participantes do VIII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros por meio deste cadastro. O Encontro será realizado de 18 de julho a 02 de agosto de 2008, e como nos outros anos, reunirá grupos e artistas populares e tradicionais do Brasil em duas semanas de celebração e festa, com apresentações, oficinas, rodas de prosa, debates, mostras de cinema e vivências.

(Foto extraída do Site:http://www.encontrodeculturas.com.br)
Repetindo o sucesso da última edição, o VIII Encontro também trará a Aldeia Multiétnica, uma oportunidade para os visitantes de conhecerem os hábitos, comidas, esportes e celebrações de várias etnias indígenas.

(Foto extraída do Site:http://www.encontrodeculturas.com.br)
O Cadastro de Artistas pode ser feito pelo site da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge no endereço www.cavaleirodejorge.com.br. O resultado da seleção sai no na primeira quinzena de junho.

Maiores Informações sobre o evento: http://www.encontrodeculturas.com.br
(Fonte: Boletim informativo da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge)

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Curso de Cristais

(Foto: Ion David)

Os cristais, desde as culturas antigas do mundo, eram usados para curar e equilibrar o ser humano. São instrumentos de Luz para o equilíbrio e a harmonização de todos os seres viventes. A energia que sai dos cristais, é uma composição dos elementos da natureza e dos raios vibracionais. Transmitem uma espécie de raio que é absorvido pelo corpo físico. Esses raios absorvidos pelo corpo, desbloqueiam e alinham os chakras, que são os sete centros de energia que todos nós possuímos.

Embora o trabalho com cristais seja exercido essencialmente no campo intuitivo, se faz necessário um certo conhecimento teórico sobre o seu manejo e propriedade específica, até porque o potencial energético é muito grande e deve ser utilizado com responsabilidade e eficácia. De posse desse conhecimento, certamente a utilidade dos cristais em sua vida, será ampla. Você vai descobrir através de suas experiências, novas utilizações, e perceber o quanto é vasto o potencial de utilização das pedras.


Os cristais são poderosas ferramentas que trazem o equilíbrio natural, promovendo uma harmonização que age de forma integrada em todo o corpo físico, emocional, mental e espiritual, e interage na comunicação com o Divino. Eles representam o poder da natureza superior.

TÓPICOS DO CURSO:


Origens dos Cristais;Pedras, cristais e suas aplicações;Formas de Uso;Cuidados com as pedras e cristais;Métodos de Limpeza;Métodos de Energização;Métodos de Programação;Usos diversos para cristais;Serão abordados temas como: cristais para uso pessoal, banhos, energizações de ambientes, plantas e animais; Cristais para desenvolvimento, proteção, meditações, orações; Cristal pessoal, Cristais e seus poderes de cura
No encerramento, caminhada na trilha dos cristais até a cachoeira dos Cristais


Data: Dias 29,30 e 31 de Maio de 2008
Horário: das 19 às 20 horas (dias 29 e 30)
das 9:30 às 12:00 hs ( dia 31)
Investimento: R$ 170,00 reais
Local: Espaço da KUNDALINI YOGA (Esquina Rua das Araras com Rua do Cristais)
Maiores Informações: bentocristal@gmail.com


(Texto: Bento Marques)

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Reiki



Reiki níveis I e II – Integrado

Reiki é um sistema natural de harmonização energética pela transmissão de energia através das mãos. É uma técnica sistematizada que restaura a saúde física, mental, emocional e espiritual, equilibra os centros de energia, eliminando as emoções negativas, as tensões e o stress.
Reiki é uma terapia holística, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde. Reiki não é religião ou seita.
Reiki é aberto a todos, para que todo o mundo possa ajudar a si mesmo e ao próximo conforme a necessidade. Com Reiki você terá um instrumento da auto-ajuda literalmente nas próprias mãos.

Facilitadora: Ariane Maria Roehe
Data: 24 e 25 de maio de 2008
Horário: 09:00 ás 18:00 Horas
Local: Centro de Terapias Renascer na Luz - Rua Joaquim Costa,234 - Alto Paraíso - GO
Investimento: R$ 125,00
Informações e Inscrições: (62) 3446-1427 (com Janete)
renascernaluz@renascernaluz.com.br
(62) 9667-2033 ariane1320@gmail.com

Apoio Associação dos Terapeutas de Alto Paraíso.

terça-feira, 13 de maio de 2008

15º Campeonato de Pólo Aquático - de 22 a 25 de maio de 2008

O 15º CAMPEONATO BRASILEIRO DE PÓLO AQUÁTICO EM ÁGUAS CORRENTES será realizado entre os dias 22 e 25 de maio de 2008, no complexo turístico da fazenda Portal da Chapada (http://www.portaldachapada.com.br/), a aproximadamente 8 km de Alto Paraíso – GO, e a 230 km de Brasília DF, na cachoeira da Fazenda São Bento (http://www.pousadasaobento.com.br/).



Este é um evento único em toda sua totalidade. Não existe em nenhum outro lugar do mundo um campeonato de pólo aquático realizado no poço de uma cachoeira!


Em 1994, Manoel Natureza teve a idéia de organizar um campeonato no poço da cachoeira da fazenda São Bento em Alto Paraíso – GO região da Chapada dos Veadeiros. Tudo começou de uma maneira bem simples, reunir atletas, amantes do pólo aquático, curiosos em uma competição de pólo aquático em uma cachoeira. Com o passar dos anos o evento ganhou força e em sua última edição reuniu mais de 200 atletas vindos de vários estados brasileiros.

Estamos esperando para o campeonato de maio de 2008 cerca de 20 equipes, vindas de vários estados do Brasil, destas, 5 femininas e 15 masculinas, cada equipe com 15 atletas mais de 300 atletas no total. Muitos dos atletas virão acompanhados de seus familiares e amigos, elevando ainda mais o número de pessoas no evento.

Esse campeonato surgiu para proporcionar a todos os atletas e público presente a mais perfeita união entre desporto e natureza em toda sua essência! Levamos para essa competição importantes valores de preservação e de conscientização ecológica. Em nossa última competição utilizamos travez/gols feitos em bambu onde todas as medalhas foram feita em barro e os troféus foram arvores bonsais.

Vale lembrar que este ano o campeonato ocorrerá durante o feriado de Corpus Christi entre os dias 22 e 25 de maio de 2008, onde costumeiramente a região da Chapada dos Veadeiros recebe inúmeros visitantes.

Para Maiores Informações:
Manoel Natureza – manoelnatureza@gmail.com ou (61) 9258-4882
Leonardo Mustafa –
leo_mmustafa@hotmail.com ou (61) 9921-9913
http://cid-0009eabe13e479a1.events.live.com/
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=36478826

(Fotos Extraídas: www.polonachapada.blogspot.com)

Roupas e Artes de Jorge - FEIRA MIX II

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Dia das Mães Ecológico

(Foto: Sebastião Pereira dos Santos)


As escolas municipais de Alto Paraíso fizeram em comemoração ao Dia das Mães, a distribuição de 1500 sacolas retornáveis às mães dos alunos da Rede.

As sacolas, feitas de TNT (Tecido Não Tecido), tem menor impacto ambiental já que podem ser utilizadas inúmeras vezes, ao contrário das sacolas plásticas, que são praticamente descartáveis e levam em média 200 anos para se decompor.

A ação foi estimulada pelo Ministério Público e a produção das novas bolsas é uma parceria da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, a OCA BRASIL e o PARAÍSO DOS PÂNDAVAS.

"A Secretaria está cumprindo seu papel de conscientização ambiental e junto com nossos parceiros estamos dando o primeiro passo para que Alto Paraíso se torne uma referência em consciência ambiental", destacou a Secretária de Educação, Lucimar Ferreira Morais.

FAÇA SUA PARTE!!!

Utilize sacola retornável e ajude a preservar o Meio Ambiente!!!

segunda-feira, 5 de maio de 2008

FESTA DO DIVINO EM ALTO PARAÍSO

(Foto Extraída do Site: http://revistaraiz.uol.com.br)


Caçada da Rainha



A festa do Divino foi instituída em Portugal nos primeiros anos do século XIV pela rainha Isabel, mulher de D. Diniz, quando construiu a igreja do Divino Espírito Santo em Alenquer, naquele País. No Brasil, popularizou-se no século XVI e é celebrada ainda hoje em vários estados do Brasil e particularmente em Goiás.


Em Alto Paraíso o ponto alto da festa é a Caçada da Rainha. Conta a tradição que tendo que viajar para Portugal Dom Pedro II deixou em seu lugar a Princesa Isabel no comando do Brasil. Na ausência do pai a princesa tomou coragem e assinou a Lei Áurea. Quando estava próximo o retorno de Dom Pedro II, esta temendo a represália do seu pai, reuniu sua comitiva e se escondeu no mato. Dom Pedro soube da notícia e aprovou a atitude da filha. Logo que soube que a filha havia se escondido no mato juntou sua comitiva e foi procurá-la. A noticia do desaparecimento da princesa correu toda a província e ao saberem os escravos resolveram preparar uma festa de agradecimento para recepcionar a princesa, surgindo assim o Batuque da Rainha.


Em Alto Paraíso esta tradição vai se repetir no próximo domingo (11/05/2008).


Além da Caçada da Rainha temos também a tradicional Folia de Rua onde centenas de pessoas percorrem as ruas da cidade numa verdadeira procissão em louvor ao Divino Espírito Santo. A Folia da Roça, que curiosamente acontece na cidade, é outro diferencial da parte folclórica da festa. Um grupo de foliões visita as famílias cantando seus benditos e estas como forma de gratidão oferecem gratuitamente o chamado “pouso” onde gratuitamente são servidas centenas de refeições. No domingo, ao final da tarde acontece o grande desfile de cavaleiros pela avenida principal da cidade, em direção à igreja matriz, onde acontece a cantoria de encerramento da festa.


A responsabilidade pela organização é da Igreja Católica e dos grupos folclóricos e culturais da cidade de Alto Paraíso de Goiás.

(Texto: Padre João B. Assunção - Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças - Alto Paraíso de Goiás – GO)

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Festa do Divino Espírito Santo - Participe!!!

Festa do Divino Espírito Santo
O culto ao Divino Espírito Santo, em suas diversas manifestações, é uma das mais antigas e difundidas práticas do catolicismo popular brasileiro. Sua origem remonta às celebrações realizadas em Portugal a partir do século XIV, nas quais a terceira pessoa da Santíssima Trindade era festejada com banquetes e distribuição de esmola aos pobres.

Essas celebrações aconteciam cinqüenta dias após a páscoa, comemorando o dia de Pentecostes, quando o Espírito Santo desceu do céu sobre os apóstolos de Cristo sob a forma de línguas como de fogo, segundo conta o Novo Testamento. Desde seus primórdios, os festejos do Divino, realizados na época das primeiras colheitas no calendário agrícola do hemisfério norte, são marcados pela esperança na chegada de uma nova era para o mundo dos homens, com igualdade, prosperidade e abundância para todos.

É provável que o costume de festejar o Espírito Santo tenha chegado ao Brasil já nas primeiras décadas de colonização. Hoje, a festa do Divino pode ser encontrada em praticamente todas as regiões do país, apresentando características distintas em cada local, mas mantendo em comum elementos como a pomba branca e a santa coroa e a coroação de imperadores.

(Texto: http://pt.wikipedia.org)

Os festejos em Alto Paraíso de Goiás acontecerão nos dias:

- 25, 26 e 27 de abril

- 02, 03, 04, 09, 10 e 11 de maio

Programação com Missa, barraquinhas de quitutes e bingo

Local: Igreja Paroquial Nossa Senhora das Graças.

Maiores Informações: 62-3446-1767

terça-feira, 29 de abril de 2008

GVBS Realiza Treinamento em São Jorge



Equipamentos e técnicas verticais. Este foi o tema do treinamento da equipe do GVBS em São Jorge durante os dias 26 e 27 de Abril.

A Equipe de Campo do GVBS recebeu no último final de semana um Treinamento com carga de 18 horas intensas de atividades verticais no intuito de obter um nivelamento técnico em nós, cordas, amarrações, sistemas de redução e principalmente técnicas verticais.


A metodologia utilizada foi desenvolvida por Cristiano Costa e Estevão Lombardi que tem um currículo rico e experiente em resgates e técnicas verticais, ambos coordenadores do conselho técnico do GVBS, que dispuseram de seu conhecimento e experiência para o nivelamento técnico da equipe a fim de prepara -la para a batalha de cursos previstos ainda para o decorrer de 2008.
O treinamento realizado foi uma iniciativa própria do Grupo, onde os equipamentos utilizados foram concedidos por outros instrutores membros da equipe que atuam no turismo de aventura da região em atividades verticais .
O GVBS tem em seu Calendário anual uma seqüência de treinamentos e cursos focados para busca e salvamento em Ambiente cerrado. Para Contribuir com o grupo ou fazer parte da equipe, Entre em contato com a diretoria do Grupo.

(Texto: Marcello Clacino- Coordenador da Equipe)
(Fotos: Acauã Perazzo – Conselho técnico)

-Grupo Voluntário de Busca e Salvamento –
anjosdachapada.gvbs@gmail.com
(62) 84522402

quarta-feira, 23 de abril de 2008

GVBS - Grupo Voluntário de Busca e Salvamento

ANJOS DA CHAPADA


(Simulação de Resgate no Curso do GVBS)



O curso de capacitação para o Grupo Voluntário de Busca e Salvamento da Chapada dos Veadeiros que aconteceu de 12 a 15 de março de 2008 teve uma ótima repercussão local tendo em vista que durante o curso nós contamos com a presença de representantes de diferentes localidades da Chapada dos Veadeiros.

O GVBS Veadeiros, pôde através da dinâmica utilizada no 2º módulo do curso complementar a metodologia de Busca e Salvamento, sentir o funcionamento do grupo em uma situação real de emergência, bem como planejar-se para ações preventivas no decorrer dos próximos meses.

Um outro ponto positivo é a integração de diverso setores que atuam no cenário de uma situação de emergência, o curso contou com a apoio da Polícia Militar de Alto Paraíso e Secretaria municipal de Alto Paraíso.

Sem dúvida, o Grupo que recebeu este treinamento, pode atuar de forma eficaz, oferecendo maior segurança ao destino turístico Chapada dos Veadeiros.
(Texto: Marcello Clacino - Coordenador GVBS)



(Simulação de Resgate no Curso do GVBS)



TREINAMENTO GVBS - Chapada dos Veadeiros

O próximo treinamento do grupo de Busca e Salvamento será realizado no povoado de São Jorge durante os dias 26 e 27 de Abril de 2008.

Programação do Treinamento de Nivelamento Técnico:

Dia 26/04 - das 08:00 às 16:00:
· Nós
· Cordas
· Amarrações
· Introdução à técnica vertical
· Sistemas de redução de peso


Dia 27/04 - das 08:00 às 16:00:
· Introdução à técnica vertical
· Atividades de campo
· Batismo de membros da equipe em descidas por cordas em ambientes remotos.

Local: Vila de São Jorge - Sede da ASJOR
Data: dias 26 e 27 de Abril
Hora : 08:00 as 16:00


Maiores Informações: anjosdachapada.gvbs@gmail.com

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Abril o Desconto - Promoção na Chapada dos Veadeiros



O município de Alto Paraíso de Goiás na Chapada dos Veadeiros está promovendo durante o todo mês de abril (2008) a Campanha Abril o Desconto (exceto o feriadão). São mais de 80 empresas e profissionais que estão trabalhando com descontos de 20% sobre serviços e produtos, tais como pousadas, campings, bares, restaurantes, operadoras, atrativos, guias e terapeutas. Essa iniciativa visa atrair mais visitantes para a região, estimulando o turismo fora de temporada.

Alto Paraíso de Goiás está situada na região Chapada dos Veadeiros (Patrimônio Natural da Humanidade e Reserva da Biosfera Goyaz), distante 230 km de Brasília e 420 km de Goiânia, o município é hoje um dos mais apreciados cartões-postais de Goiás.

A região é de uma natureza exuberante, com trilhas, cânions, rios e córregos que formam piscinas naturais, corredeiras e cachoeiras. Alto Paraíso de Goiás é o lugar certo em muitos sentidos. Durante o dia pode-se fazer caminhadas premiadas com paisagens singulares e refrescantes banhos, além de esporte de aventura tais como: Mountain bike, trekking, cachoeirismo, canionismo, tirolesa, rapel, boia cross e arvorismo no final do dia o visitante relaxa com as inúmeras opções de terapias alternativas e aproveita para visitar as lojinhas de artesanato local espalhadas pela cidade e a noite as opções são comidas deliciosas, música ao vivo, performances artísticas e contemplação do céu.

Essa é a boa oportunidade para o visitante conhecer essa bela região a preços promocionais.

Campanha Abril o Desconto
Lista de Adesão
Empresas e Profissionais de Alto Paraíso e São Jorge

Alquimia Bar 62-3446-2191
Confraria do Café - 62-9666-5680
Jambalaya Restaurante 62-8438-5352
Jatô Restaurante 62-3446-1339
Jóchua Pizzaria - 62-3446-1675
Pizzaria 2000 62-3446-1814
Pizzaria Lua de São Jorge 62-3455-1054
Pizzaria Massa de Jorge 62-3455-1027
Restaurante Massas da Mama 62-3446-1675
Restaurante Nativus 62-3446-1036
Restaurante Papalua Delícias 62-3455-1085
Restaurante Sabor e Loteria 62-3446-1659
Restaurante Taj Mahal
Cachoeira da Água Fria 61-9611-5569
Cachoeira dos Cristais 62-9659-2624
Cachoeira Macaquinho
Éden Águas Termais 61-9989-2894
Fazenda São Bento 62-3459-3000
Vale Dourado (Cachoeiras e Boia Cross) 61- 9673-5119
Ana Rosa – Guia 62-3446-1820
Carlinhos – Guia 62-3446-1820
Luzimar – Guia 62-8453-7404
Noranei – Guia 62-3446-1820
Pacheco – Guia 62-9668-1709
Tião – Guia 62-8416-9516
Leide – Guia 61-9623-4886
Deni - Guia e Transporte 62-9901-0185
Elmo Soraggi - Guia e Transporte 62-9666 6809 / 62-3446 1319
Márcio - Guia e Transporte 62-3446-1727 / 61-8442-4081
Camping do Paquito 62-8404-4981
Camping dos Cristais 62-9659-2624
Chalé os Tucanos 62-8488-0072
Fazenda Santa Rita de Cássia 61-9611-5569
Hotel Europa 62-3446 1558
Hotel Tradição 62-3446-1202
Portal da Chapada 62-3446-1820
Pousada Águas de Março 62-3455-1080
Pousada Alfa & Omega 62-3446-1225
Pousada Camelot Inn 62-3446-1449
Pousada Caminho das Cachoeiras 62-3455-1004
Pousada Caminho de Santiago 62-3446-1315
Pousada Casa das Flores 62-3455-1055
Pousada Casa do Cerrado 62-3446-1809
Pousada Casa Rosa 62-3446-1319
Pousada Cristal da Terra 62-3455-1052
Pousada dos Guias 62-3446-1231
Pousada e Atrativo Valle das Pedras (62) 3455 1145
Pousada e Camping Vale Azul 62-3446-1434
Pousada Espaço Alto Astral 62-3446-1500
Pousada Fazenda São Bento 62-3459-3000
Pousada Flor do Cerrado 62-3455-1059
Pousada Jardim das Pedras 62-3446-2182
Pousada Jardim do Éden 62-3446-1395
Pousada Maya 62-3446-2062
Pousada Mirante 62-3446-1494
Pousada Paralelo 14 62-3446-1137
Pousada Por do Sol 62-3455-1108
Pousada Portal do Beija-Flor 62-3446-1806
Pousada Recanto da Grande Paz 62-3446-1452
Pousada Recanto da Paz 62-3455-1030
Pousada Renascer na Luz 62-3446-1427
Pousada Rubi 62-3446-1200
Pousada Shambala 62-3455-1140
Camping do Parque 62-3455-1046 / 61-8172-8886
Pousada Ba-guá 62-3455-1046 / 61-8172-8886
Pousada Casa da Vida 62-3446-1659
Vale Dourado (Chalés) 61- 9673-5119
Pousada Trilha Violeta 62-3455-1088
Alternativas Ecoturismo 62-3446-1000
Travessia Ecoturismo (Arvorismo e Rapel) 62-3446-1595
Anjee – Terapeuta 62-3446-2008
Ariane - Florais do Cerrado 62 9667-2033
Associação dos Terapeutas de Alto Paraíso 62-9667-2033
Atash – Terapeuta 62-9665-9591 / 62-3446-1028
Edilson – Terapeuta 62-8148-0114
Izamara – Terapeuta 62-9668-5248 / 62-3446-1825
Luis Paulo Veiga – Terapeuta 62-3446-1225
Mahamany – Terapeuta 62-8183-8852 / 62-8443-6589
Mandala SPA – Terapeuta 62-3446-1001
Mari Romanholi – Terapeuta 62-9668-4216
Nato – Terapeuta 62-3446-1516
Tamasa – Terapeuta 62-9665-2428 / 62-3446-1352
Telma Barbosa dos Santos – Terapeuta 62-3446 1215Tetê - Terapeuta 62-9669-3452 / 3446-1315
Observação
Promoção válida durante o mês de abril, exceto o feriadão
Consulte os estabelecimentos sobre os serviços e produtos na promoção

Abril a Temporada - Festa de São Jorge



Localizada a 36 km de Alto Paraíso de Goiás, encontra-se o Distrito de São Jorge onde está situada a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (criado através do Decreto Federal n. 49.875 em 11 /01/61). A charmosa vila de São Jorge tem programação cultural durante todo mês de abril, trata-se do evento “Abril a Temporada”, onde uma das atrações será a comemoração do Dia de São Jorge e do aniversário da vila com muitos festejos tradicionais, conforme descrição abaixo:


AGENDA DE EVENTOS EM SÃO JORGE

Pousada Águas de Março - Exposição - Cerrado em Cores - Marcos Brasil e Cristina Maia

Pousada Alecrim do Campo - Exposição - Artesanato

Bar do Seu Claro - 20 de Abril - 18:00hs - Festival Internacional de Piadas - Mestre de cerimônia - Velho Joe

Restaurante Feitiço da Vila - Chorinho

Lanches Rio Preto - Exposição permanente - Artesanato local

Casa da Sucupira - Albergue - Mostra de Curtas Metragens

Aniversário da Vila de São Jorge e Dia de São Jorge
PROGRAMAÇÃO


19 de Abril
19:00 - Missa / 21:00 - Levantamento do Mastro / 23:00 - Forró com Banda

20 de Abril
19:00 - Novena / 20:00 - Leilão ( beneficente ) / 22:00 - Forró com Banda

21 de Abril
19:00 - Novena / 20:00 - Leilão ( beneficente ) / 22:00 - Forró com Banda

22 de Abril
19:00 - Leilão ( beneficente )

23 de Abril
09:00 - Procissão / 10:00 - Missa - Batizados / 19:00 - Auto de São Jorge ( Projeto: Turma que Faz ) / 20:00 - A Tradicional Galinhada / 22:00 - Forró com Banda ( Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge )

24 de Abril
Ao entardecer - Sarau (Praça de São Jorge)

25 de Abril
20:00 - música ao Vivo (Lua de São Jorge)

26 de Abril
20:00 - Missa /
23:00 - Derrubada do Mastro




Oração do Glorioso São Jorge
Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge. Para que meus inimigos tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me enxerguem, nem pensamentos eles possam ter para me fazerem mal. armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem ao meu corpo chegar, cordas e correntes se quebrem sem ao meu corpo, amarrar.
São Jorge, cavaleiro corajoso, intrépido e vencedor; abre os meus caminhos. ajuda-me a conseguir um bom emprego; faze com que eu seja bem quisto por todos: superiores, colegas e subordinados. que a paz, o amor e a harmonia estejam sempre presentes no meu coração , no meu lar e no meu serviço; vela por mim e pelos meus , protegendo-nos sempre , abrindo e iluminando os nossos caminhos , ajudando-nos também a transmitirmos paz, amor e harmonia a todos que nos cercam. amém.